Bruno Costa: O primeiro filme que assinei como preparador de elenco foi “A Luneta do Tempo”.

Postado em: 19/12/2016

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterEmail this to someonePin on PinterestDigg thisShare on StumbleUponPrint this page

Estava em casa almoçando e Alceu Valença me ligou dizendo que gostaria que eu fizesse o seu filme. A princípio, julguei se tratar de um trote, visto que o conhecia e admirava como músico e não sabia da existência há anos de um roteiro escrito por ele. Fiquei por meses em Olinda fazendo a preparação com diversos não atores, atores e com os fantásticos protagonistas Irandhir Santos e Hermila Guedes, pessoas generosas, talentosas e que toparam e muito o processo proposto.

 

bruno-costa

 

O grande desafio era conferir aos diálogos, todos rimados como num cordel, um tom naturalista. Neste aspecto contamos com o auxílio preciosíssimo da codiretora a querida Elza Cataldo. Por vezes ficava imaginando como seria a experiência de ter um diretor no set que não era uma pessoa com formação em cinema. Muito rapidamente percebi que isso não era uma preocupação digna de crédito. Alceu antes de músico, poeta, é um artista e isso lhe credenciava a transitar por qualquer veículo que ele escolhesse se expressar.

 

bruno-costa-2

O set e toda a convivência da equipe filmando fora de casa foi uma experiência ímpar. Não éramos ali, profissionais de cinema apenas, éramos todos artistas convivendo e criando plenos numa liberdade fantástica proporcionada por nosso diretor que, justamente não ser um acadêmico de cinema, se permitia criar, arriscar,sem ter que seguir preceitos estabelecidos ou recomendados.

bruno-costa-4

 

Muita saudade desta experiência. Deste convívio, ganhei grande amigo. Lancei posteriormente um livro de contos e Alceu me deu o prazer de escrever prefácio. Agora começamos a preparar um novo projeto. É apenas uma fagulha, mas intuo que pode fazer muito fogo…

bruno-costa-5

 

por Bruno Costa, ator e preparador de elenco